Se todos fossem iguais à você… a homenagem da Entrelinhas às mulheres!!!

E o nosso mês de março se encerra e lembramos que homenagear as mulheres não se faz apenas com lembrancinhas e flores. É fundamental unir-se a elas para a luta na construção de um mundo e século mais igualitários. Assim, como disse a jovem e sabida Ema Watson, ganha todo mundo – homens e mulheres!

Por isso, a Entrelinhas decidiu por todo o mês de março lembrar de mulheres que lutaram para a construção de um mundo mais justo. Foram elas, FRIDA KAHLO, LÉLIA GONZALEZ, SIMONE DE BEAUVOIR e ZUZU ANGEL

Hoje, no último dia do mês, trazemos aqui uma breve história de cada uma de nossas homenageadas. É como voltar ao tempo e reviver essas mulheres fortes que estão presentes em nossas vidas, pela luta e força que tiveram.

FRIDA KAHLO

Nosso eterno ícone fashion, Frida! Ela foi uma das personagens mais marcantes da história do México, expressando sua dor em auto-retratos coloridos e cheios de vida. A inspiração para suas pinturas e fotografias, vieram de suas angústias e dificuldades em lidar com sua própria condição e deficiência. Frida se tornou, ao longo dos anos e depois de sua morte, um ícone das artes e do universo feminino… Única e excêntrica, considerada uma mulher à frente de seu tempo.

 

IMG_1854

 

LÉLIA GONZALEZ

Militante e mulher, Lélia Gonzalez, viveu intensamente a história política e cultural brasileira. Lutou contra o racismo e sexismo na década de 70, no Rio de Janeiro, período de forte repressão dos governos militares. Pioneira nos cursos sobre Cultura Negra, o qual destacamos o 1º Curso de Cultura Negra na Escola de Artes Visuais no Parque Lage. Esta escola foi também lugar de expressão de vários artistas e de intelectuais negros. Como intelectual, Gonzalez elaborou pontos importantes para o desenvolvimento de um pensamento político negro e feminino/feminista.

IMG_0016

SIMONE DE BEAUVOIR

Simone de Beauvoir (1908-1986) foi uma escritora, filósofa existencialista e feminista francesa. Foi uma das escritoras mais influentes do ocidente. Suas ideias tratavam de questões ligadas à independência feminina e ao papel da mulher na sociedade. Sua obra refletia também a luta feminina e as mudanças de papeis estabelecidos, assim como a participação nos movimentos sociais.

IMG_0107

 

ZUZU ANGEL

Mulher de personalidade forte, Zuzu Angel usou a sua arte como arma para denunciar, aqui e também no exterior, a ditadura militar brasileira. Zuzu Angel também quebrou padrões comportamentais, pois, em um momento de extremo medo e dor pela perda de seu filho querido, ela saiu à luta pedindo justiça e fez de sua vida uma bandeira viva de contestação. Morreu, provavelmente num acidente automobilístico a mando de seus perseguidores, sem poder enterrar o corpo de seu filho morto pela ditadura militar brasileira.  Zuzu Angel foi uma das primeiras estilistas a realizar protesto político através da moda e tem uma profunda influência sobre a a Moda Brasileira.

IMG_0189

Que possamos prosseguir homenageando essas e tantas outras mulheres lindas e corajosas,

Viva as Mulheres!!!

(por Entrelinhas)

Compartilhe nas Redes SociaisShare on FacebookPin on Pinterest

About Author

entrelinhasconsultoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Ir para o topo