Entrelinhas Garimpô: inverno e roupas usadas

Tenho muitas memórias de meu tempo de criança, uma delas é desse período que precede a entrada do inverno. Lá pros fins de maio e início de junho já começava a fazer aquele tempinho mais frio, um vento insistia em gelar as manhãs, até as de Mirandópolis, terra quente da Noroeste paulista., onde nasci. O frio era bem mais frio naquela época…

Em meio aos dias que passavam mais frios e preguiçosos, lá vinham as campanhas da fraternidade de arrecadação de agasalhos e roupas de inverno. Isso sim era um clássico do inverno da época!!!

O inverno já não é mais o mesmo, nem as campanhas! Mas, de certa forma, uma relativa identidade entre inverno, agasalhos, frio, campanha da fraternidade, roupas de segunda mão, insiste em novelar-se em nossa memória…

Penso que pode ser essa identidade um dos motivos que levam os brasileiros a terem ainda tanto preconceitos em relação às roupas usadas e compras em brechós.

Bom, tudo isso pra dizer o quanto vale a pena quebrarmos esses preconceitos e nos aventurarmos por brechós e bazares da cidade em busca de roupas de frio, com muita autenticidade e personalidade.

Eu mesma faço isso no frio, no verão, em dias de sol ou chuva (rsrs)… mas necessariamente no inverno é ainda mais legal e explico logo o porquê:

A primeira razão liga-se à duração de nosso inverno – mínima e de curta duração. A segunda, e também relacionada a primeira, é o custo de nossas roupas de inverno, sempre caríssimas… Some as duas razões e faça uma conta básica: divida o valor das roupas de inverno que compra pelo número de vezes que de fato as usa. Somou?!

Pois então, não vale a pena! O custo/benefício é muito alto e muitas vezes morremos insatisfeitas e com as contas bancárias no negativo em meio a um um monte de lãs, cachecol, casacos e afins entulhando o nosso armário e vida.

Por isso, defendo sempre um consumo cirúrgico de inverno: compre poucas peças, apenas para complementar o seu guarda-roupa, visite brechós e bazares e faça muita economia quando for realizar esse consumo de moda.

Nós da Entrelinhas gostamos tanto de fazer isso que a partir de semana que vem disponibilizaremos uma plataforma todinha de roupas de acessórios usados, que garimpamos por aí… Sabe quando a paixão vira negócio? Pois então, é essa a Entrelinhas Garimpô!

E para servir como inspiração, mostro abaixo uma série de casacos que já garimpei nessa vida…

IMG_1309 IMG_1310 IMG_1311 IMG_1312 (1)

Eles me deixam quente, estilosa e muito feliz por contribuir para um mundo mais sustentável!

(por Fernanda Junqueira)

Compartilhe nas Redes SociaisShare on FacebookPin on Pinterest

About Author

entrelinhasconsultoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Ir para o topo