A roupa serve para quê? Michelle Obama e Melania Trump e duas lições de estilo

Recentemente, a Entrelinhas Consultoria foi convidada para participar de uma matéria na revista Metrópole do Jornal Correio Popular de Campinas. A pauta era os estilos pessoais das duas primeiras damas dos Estados Unidos, Melania Trump e Michelle Obama.

O tema se mostrou tão interessante e atual (só se fala em Michelle Obama nessa última semana, acho até que já é a saudade que vem abatendo…), que o comentário virou textão, daqueles, dos bons.

Segue o texto original:

IMG_8893Comparar os estilos pessoais de Michelle Obama e Melania Trump não é tão somente perceber as diferenças de gosto e estilo das primeiras damas.  Mas sim notar uma brutal diferença em relação ao que as duas mulheres entendem sobre a linguagem da moda e de seus papéis sociais e políticos.

Muito já criticaram Melania Trump e diversos estilistas se recusaram a vestir a nova primeira dama dos EUA. Lógico que há ainda o efeito avassalador da presença feminina de Michelle (Obama) e o quanto a ex-primeira dama soube se impor como ícone de estilo e fashion. Mas por trás da polêmica, podemos sim perceber o que falta a nova primeira dama e que à outra, sobrava.

Enquanto a Sra. Trump desfila uma porção de grifes e símbolos ostentosos, Michele sempre soube que o seu papel social e simbólico era o de inspirar e fortalecer o empoderamento feminino. E a inteligente e já saudosa primeira dama sempre reconheceu que a moda era uma arma poderosa e eficaz para isso. A prolixa linguagem da moda podia comunicar uma porção de coisas que o papel político e simbólico ocupado por Michele exigia e carecia.

Dessa forma, as aparições públicas de Michelle e seus vestidos trouxeram, nesses dois mandatos, mensagens importantes sobre a política, economia, universo feminino e sobre a  questão negra nos EUA e no mundo.

É de conhecimento do universo fashion que o estilo pessoal de Michelle Obama é feminino, sensual, e criativo. Michelle ama um vestido que revela suas curvas, adora estampas e um ar despojado e criativo. Mas a maior contribuição de Michelle, como ícone fashion que se tornou, é a sua liberdade de vestir o que lhe agrada, sempre com um profundo respeito ao seu interlocutor e/ou ambiente relacionado à ocasião.

É como se os looks usados por Michelle alcançassem o equilíbrio perfeito entre a personalização do estilo ao mesmo tempo que a sua vestimenta fosse a representação do altruísmo em favor do outro. Essa primazia de estilo é algo vivenciado por pouquíssimas mulheres e representa quase a boa essência da consultoria em imagem pessoal.

Por fim, retomando a comparação entre as imagens das duas primeiras damas, são duas visões e diferentes usos das ferramentas oferecidas pelo universo da moda que as duas primeiras damas apresentam, como a simbolizar mundos e tempos diferentes. Enquanto Michelle Obama a utiliza como elemento de personificação, Melania Trump se apossa da moda como símbolo de status e diferenciação social.

É mesmo por isso que vai ser mesmo muito difícil apagar a marca de Michelle Obama como símbolo de inteligência feminina e fashion!

Michelle Obama

Figura 1: Na primeira posse de Obama, veste JASON WU, estilista ainda desconhecido.

Figura 1: Na primeira posse de Obama, veste JASON WU, estilista ainda desconhecido.

 

mc queen Jantar com chineses

Figura 2: Em jantar solene com chineses, Michelle veste Alexander MC Queen

 

folga em Camp tunica gap 30 dolares

Figura 3: Dia de folga, Túnica Gap, por volta de 30 dólares.

 

size_960_16_9_michelle-obama-posse-6 Vestido Targed em visista ao Hawai

Figura 4: Em visita ao Hawaii, a sua roupa não apenas representa o seu gosto pessoal por estampa, mas também, a referência Às diversas etnias.

 

1216-vo-covr01-01_noupc primeira capa de vogue

Figura 5: A primeira capa na Vogue a confirmar todo o seu simbolismo fashion.

 

Melania Trump

nintchdbpict000281118472

Figura 6: Sra Trump vestindo casaco de pele.

 

Melania Trump arrives at the 83rd Annual Academy Awards held at the
063_621870422

Figura 7: Melania em comemoração à vitória, veste Ralph Lauren, grife americana.

 

Até a próxima!

por Fernanda Junqueira

Compartilhe nas Redes SociaisShare on FacebookPin on Pinterest

About Author

entrelinhasconsultoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Ir para o topo